terça-feira, 15 de julho de 2008

Ascaris - a saga dos irmãos siameses

Capítulo 2
__________________________


Leia aqui o Episódio 1.


No começo era o Caos. Depois vieram as amebas, que se transformaram em protozoários geneticamente modificados. Vieram então os platelmintos, seres pluricelulares. Alguns milhões de anos se passaram e as primeiras formas anfíbias se formaram. Sua migração para a terra foi natural. O feliz acaso, mais um, da colisão de um meteoro carregado de gens preparados pelos thetans, fomentou a vida mamífera. Formou-se então o primeiro casal humano, Adão e Eva. Andavam pelados e felizes até que Xenu, líder maligno dos planetas classe C e líder dos thetans, malignamente, entregou-lhes, através de uma ardilosa serpente, a maçã, símbolo da evolução entre os medíocres humanóides classe M. o que era paraíso virou mais uma vez o caos. No mundo real Adão e Eva prosperaram e tiveram filhos como coelhos. Os gens, modificados pelos cientistas de Xenu, impediam o aparecimento de deformações entre os descendentes do casal original. Alguns milhares de anos depois o planeta estava povoado, era o momento de se dar um nome ao pedaço de rocha planetário. De comum acordo, a Federação Galáctica Unida, o nomearam como Terra, uma homenagem aos antigos senhores do universo. A Terra é azul, verde e marrom e em plantando-se tudo dá. Seus habitantes resolveram então prestar uma singela homenagem aos deuses. Começaram a construir uma gigantesca torre de forma fálica. Babel tornou-se o ícone da comunhão com o sagrado. Alguns thetans, preocupados, resolveram destruir o imenso falo. E aproveitaram, através de vacinas previamente preparadas, para desunir os humanóides pela fala. Grupos lingüísticos foram formados e se separaram, e mais uma vez foi o caos. Começou então realmente a história do planeta.


Nabucodonosor criou seu império babilônico, a primeira evidência documentada de megalomania entre humanóides. Este fato foi ignorado pelos soberbos thetans e Xenu. Uma enchente catastrófica destruiu aquele império restando apenas lendas. Em outro ponto um povo evoluiu rapidamente, criando artefatos jamais vistos. Atlântida foi engolida pela ira de Xenu que fez que uma gigantesca onda tragasse aquela região, ficando apenas lendas.


Mais alguns milhares de anos se passaram e os thetans já estavam tão integrados com o povo da Terra que viraram deuses. “Eram os deuses astronautas”, perguntou-se, milhares de anos depois, um pensador. Surgiu um povo, habitando uma região inóspita, mas cheia de recursos naturais, o petroleum. Nesta região um povo se destacou, habitando o reino do antigo Egito, que varou alguns milhares de anos. Sua história é o berço da saga siamesa de Ascaris. Naquela época, durante o reinado de um desconhecido faraó medíocre, ocorreu um fato envolvendo um de seus principais conselheiros, que se chamava Ana Gus Gus. Ana era médico e tinha um biótipo completamente diferente do egípcio médio, diria-se, hoje em dia que era nórdico. O faraó adotara um menino, encontrado em uma cesta no rio Nilo. Moises fora educado dentro dos mais rígidos padrões da corte real. Ana Gus Gus sempre desconfiara daquele guri. Em uma de suas audiências com o faraó orientou-o a se livrar daquele incômodo, dizendo que ele atraia a ira dos céus. O faraó, temente aos deuses, seguiu o conselho. Moises, que não era bobo, tratou de se mandar no momento que soube da reunião entre Ana Gus Gus e seu “pai”. O faraó, furibundo, persegui-o e pereceu quando Xenu, malignamente, ajudou Moises a abrir caminho pelo mar, afogando seus perseguidores.

Depois de 40 anos, penando no deserto e de receber, diretamente das mãos de Xenu, o maligno, as tábuas com as leis planetárias condensadas e resumidas, Moises fundou o que hoje se conhece por Israel....




____________________________
continua

4 Comentários:

Layla Lauar disse...

A sua saga é bem mais interessante do que a história que nos impuseram goela abaixo..muito boa ..mas bom mesmo deve ser o chá que você toma ou a erva que fuma...

Aguardando o próximo capítulo!

Leticia disse...

kkkkk
Xenu´ o maligno...essa saga promete!

* Então Uranus era um planeta X...

Ricardo Rayol disse...

Layla: Aguarde ehehehehe

Leticia: Na verdade Uranos seria um planeta X na atual configuração da Federação Galáctica Unida, mas na época era apenas um puteiro universal ehehehehe

Ana Pallito disse...

Careca amo essa tua cabeça louca.

  ©A Casseta do Cabral. Template by layla

TOPO  

Clicky Web Analytics